Links de Acesso

Rússia coloca nove meios de comunicação americanos na lista de “Agentes Estrangeiros”


Vladimir Putin assinou a lei que permite que os meios de comunicação sejam considerados "Agentes Astrangeiros".

Voz da América e Rádio Free Europe/Radio Liberty na lista.

O Ministério da Justiça da Rússia designou na terça-feira nove meios de comunicação dos EUA, incluindo a Voz da América, como "Agentes Estrangeiros".

Na lista, o ministério colocou também a Radio Free Europe / Radio Liberty e várias das suas afiliadas, depois de advertir, no mês passado, que poderiam ser afectadas.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou uma lei, em novembro, permitindo que os meios de comunicação que recebem fundos do exterior sejam considerados "Agentes Estrangeiros" e impor sanções.

As autoridades russas chamaram a nova legislação de uma "resposta simétrica" para o que descrevem como pressão dos EUA sobre a imprensa russa.

A 13 de novembro, o canal de televisão russo RT, financiado pelo governo, foi registado nos Estados Unidos ao abrigo de uma lei destinada a Agentes Estrangeiros.

O embaixador dos EUA na Rússia, Jon Huntsman, disse que o objectivo da referida lei é promover a transparência, mas não restringe a operação da rede de televisão nos Estados Unidos.

O Departamento de Estado dos EUA condenou a lei russa, dizendo que obstrui a liberdade de imprensa.

"A nova legislação russa que permite ao ministério da Justiça rotular meios de comunicação como 'agentes estrangeiros' e monitorar ou bloquear determinada actividade na internet apresenta ainda outra ameaça à imprensa livre na Rússia", disse Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG