Links de Acesso

Romney diz que Obama foi uma "desilusão"


Terminou Convençao Republicana. Romney diz que vai refazer " a promessa da América"

Com as sondagens a indicarem um virtual empate entre o Presidente Barack Obama e o Republicano Mitt Romney este lançou um apelo aos eleitores independentes para deixarem para traz “as desilusões dos últimos quatros anos”.

please wait

No media source currently available

0:00 0:03:41 0:00
Faça o Download


Romney falava no ultimo dia da Convenção Republicana em que disse que se for eleito em Novembro irá restaurar “ a promessa da América”

O discurso de Romney tinha como objectivo não só criticar a administração Obama mas também apresentar uma visão mais afável do candidato republicano que tem falhado em desmantelar a imagem de ser um multimilionário desconectado da vida real do dia a dia dos americanos e incapaz de ter uma conexão emocional com o eleitorado

Romney teve assim a oportunidade de falar da sua história pessoal, da sua família, da sua religião e tentando também atraír os votos dos independentes que nas eleições anteriores votaram em esmagadora maioria por Barack Obama. Assim lembrou o entusiasmo da eleição por Obama e o que disse ser a desilusão que se sente agora.

´”A América tem sido paciente,” disse Romney para quem “os Americanos têm apoiado este presidente com boa-fé”.

“Mas hoje chegou a altura de virar a página. Hoje chegou a altura de deixar para traz as desilusões dos últimos quatro anos,” acrescentou

Romney concluiu o seu discurso com apelo emocional para a construção de um futuro melhor num final que fez levantar os delegados á convenção.

“O Futuro está à nossa espera e os nossos filhos merecem-no. A nossa nação depende dele. A paz e a liberdade do mundo exigem-no e com a vossa ajuda vamos consegui-lo. Comecemos hoje o futuro na América, “ disse Romney.

Antes de Romney falar discursou perante os delegados a estrela ascendente do Partido republicano o Senador Marc Rubio, filho de imigrantes cubanos e que é visto por muitos como um futuro candidato á presidência.

“O nosso problema com Barack Obama não é que ele seja uma má pessoa, “ disse Rubio para quem “todos sabem” que o presidente “é um bom marido, um bom pai e, graças a muito treino, um bom jogador de golfe”.
“O nosso problema não é que Barack Obama seja uma pessoa má. O nosso problema é que ele é um mau presidente, “acrescentou

Se se acreditar na história é provável que nos próximos dias haja uma subida na popularidade de Romney, como é tradicional depois de uma convenção. Mas isso será anulado pela convenção do partido democrático na próxima semana.

Mark Shields um analista na estação de televisão PBS disse que a corrida á Casa Branca vai permanecer renhida.

“O facto de Mitt Romney, um candidato imperfeito que não se envolve emocionalmente com o eleitorado, estar empatado com o presidente de quem o publico gosta muito mais e que é visto como alguém que se preocupa muito mais pelas pessoas, é um indício que a insatisfação é muito grande e um factor muito persuasivo”

Outros analistas apontem que pelo contrário isto demonstra um problema para Romney pois apesar do alto nível de desemprego e das sondagens indicarem que o eleitorado o considera mais competente em questões económicas, o candidato republicano não tem conseguido ultrapassar Obama nas sondagens.

Os democratas vão ter a oportunidade de apresentar o seu lado da questão a partir de terça feira em Charlotte na Carolina do norte

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG