Links de Acesso

"Revús" querem combater a criminalidade juvenil em Luanda


Emiliano Catombela, membro da organização

Uma série de palestras sobre o tema está prevista a partir do dia 13

O conhecido Movimento de Jovens Revolucionários angolanos também identificados como revús, não se limita às manifestações e protestos realizados durante os últimos anos.

O grupo agora quer ajudar o Governo a minimizar o nível elevado de criminalidade que afecta Luanda e que tem nos jovens o seu principal agente.

Os revús querem levar a cabo uma série de palestras sobre a criminalidade nos sete municípios de Luanda a partir do dia 13 deste mês.

“Pretendemos levar a cabo várias palestras nos sete municípios de Luanda e distritos com o intuito de tentarmos reduzir o índice de criminalidade que assola nos últimos dias a nossa Luanda", explicou Emiliano Catumbela, membro da organização.

A carta a solicitar a autorização para essas actividades deu entrada no Governo de Luanda a 22 de Janeiro, mas até agora não houve qualquer resposta.

"Queremos saber do Governo provincial de Luanda qual a resposta à nossa solicitação, se prosseguimos ou não com a actividade, porque desde 2011 somos criticados e considerados arruaceiros, sujaram a nossa imagem, mas nós sempre quisemos ajudar a resolver os problemas", continuou Catumbela que revelou o nome de alguns palestrantes.

"Já contactámos o comandante Notícia, da policia de Viana, para ser um dos prelectores, convidamos também o responsável do SIC em Viana, temos também a confirmação do psicólogo Teixeira e do senhor Ekundi, como prelectores", concluiu.

A primeira palestra deve acontecer a 13 deste mês em Viana e logo a seguir no município do Cacuaco.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG