Links de Acesso

Renamo acusa a Frelimo de preparar fraude eleitoral em Nampula


Apoiantes da Renamo

Se a fraude acontecer, o partido na oposição diz não se responsabilizar pelo que acontecer durante a votação

A Renamo acusa as autoridades eleitorais de Nampula de estarem a preparar uma fraude a favor da Frelimo na votação autárquica de 10 de Outubro.

Para o partido que governa a cidade de Nampula desde Abril, os órgãos eleitorais produziram dois cadernos eleitorais, nomeadamente com a “lista A e B”, sendo a B falsa.

Frelimo prepara fraude eleitoral em Nampula, acusa a Renamo
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:27 0:00

Com tal, cerca de 14 mil eleitores ilegais poderão votar nas assembleias de voto a favor da Frelimo.

“Sabemos que virão os chefes dos postos administrativos e de localidades dos distritos não municipais, já temos a sua relação nominal e as respectivas assembleias de voto, onde vao votar,” disse à imprensa o porta-voz da Renamo, Ossufo Ulane.

Ulane adiantou que a Frelimo projecta também aliciar os delegados do seu partido para colaborarem na fraude.

A Renamo diz que já submeteu estas reclamações aos órgãos eleitorais.

O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral em Nampula, através do porta-voz, Jacinto António, nega as acusações da Renamo.

“Não fomos notificados sobre esta situação, existem cadernos para as mesas de voto e as respectivas réplicas que ficam com os escrutinador”, assegurou Jacinto.

Entretanto, o porta-voz do partido na oposição acrescentou que se a fraude acontecer, a Renamo não vai se responsabilizar pelo que acontecer durante a votação, disse Ulane.

As acusações da Renamo acontecem depois do fim da campanha eleitoral marcada pela detenção de oito supostos membros do partido acusados de vandalização da propaganda eleitoral da Frelimo.

Os três principais partidos políticos – Frelimo, Renamo e MDM - mostram-se confiantes na vitoria.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG