Links de Acesso

Rebeldes islâmicos atacam na República Democrática do Congo


Soldados govenramentais do Congo Democrático

Sete pessoas morreram num ataque na parte leste da República Democrática do Congo que se suspeita ter sido levado a cabo por rebeldes islamitas ugandeses.

Uma fonte militar congolesa citada pela agência de notícias francesa, France Press, disse que seis pessoas foram mortas a tiro e uma outra esfaqueada na aldeia de Eringeti.

O presidente da câmara da aldeia, Leon Baungatho confirmou o ataque afirmando que ocorreu no Sábado de manhã.

As Forças Aliadas Democratas do Uganda (ADF) são acusadas de cometerem atrocidades no Congo, particularmente na província do Kivu Norte.

A missão da ONU na RDC, MONUSCO, disse que a ADF foi responsável pela morte de mais de 700 civis entre 2014 e 2016.

A mesma organização foi acusada de ser responsável pela morte de 14 soldados da ONU no leste da República Democrática do Congo no passado m~es de Dezembro

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG