Links de Acesso

Quarenta mil famílias beneficiam de incentivo à produção agrícola em Malanje

  • Isaías Soares

Cerca de 40 mil famílias camponesas de 11 municípios da província angolana de Malanje vão beneficiar das acções do Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Comercialização “Mosap II” que visa melhorar a auto-suficiência alimentar nos próximos cinco anos.

Os municípios de Quirima, Marimba e Luquembo não estão incluídos no programa, mas o governador Norberto Fernandes dos Santos referiu que as novas técnicas e tecnologias incrementadas nas escolas de campo permitem a interacção entre a investigação, extensão e alfabetização para melhorar e aumentar qualidade de produção dos alimentos.

“Vem responder à nossa solicitação para a expansão em todo o território da província, e, embora neste momento, abranje apenas 11 municípios e 25 comunas, pensamos que mais populações irão beneficiar-se num futuro próximo”, sublinhou Fernandes dos Santos.

O governante referiu que “o objectivo do aumento da produção e da produtividade dos pequenos produtores agrícolas e comercialização são a resposta aos anseios dos agricultores que hoje vêm-se a braços para comercializar os excedentes”.

O reforço de capacidades e desenvolvimento institucional e apoio ao investimento agrícola e a comercialização são duas componentes do Mosap II, que prevê o aumento das culturas da mandioca, milho, batata-rena, feijão, tomate e repolho.

O director da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Carlos Chipoia, disse que a eficácia da implementação do projecto, que vai combater fome e reduzir a pobreza, depende da participação de todas forças da região de Malanje.

“É um projecto que nós gostaríamos de pedir desde já o apoio de todas as entidades da província, principalmente das administrações municipais e comunais, todo o apoio institucional necessário e estratégico para que, de facto, possamos ter resultados que se esperam", referiu.

O programa do Ministério da Agricultura é financiado pelo Banco Mundial, Estado angolano e por beneficiários nas províncias do Bié, Huambo e Em Malanje e foi lançado na quarta-feira, 14.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG