Links de Acesso

"Putin quis quebrar a NATO", diz indicado para secretário de Defesa dos EUA

  • Redacção VOA

James Mattis responde no Senado

O general reformado James Mattis indicado pelo Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, para dirigir o Pentágono, afirmou nesta quinta-feira, 12, ser “preciso reconhecer a realidade que Putin quis quebrar a NATO".

Na sabatina à qual foi submetido no Senado, Mattis declarou que os Estados Unidos devem tomar os passos "necessários", tanto de dissuasão militar como diplomáticos ou económicos, para se "defenderem" da atitude de Putin, mas não se posicionou sobre se as sanções iniciadas pelo Presidente Barack Obama devem continuar.

Mattis considerou que será preciso "enfrentar a Rússia em alguns assuntos" e afirmou que a ordem mundial estabelecida pelos Estados Unidos "está perante os maiores ataques desde a Segunda Guerra Mundial" por parte de Rússia e China.

XS
SM
MD
LG