Links de Acesso

Protestos em Hong Kong chegam ao 20º fim-de-semana consecutivo


Polícia pede a jornalistas que se afaste durante confrontos com os manifestantes em Hong Kong. 20 Outubro, 2019.

Milhares de jovens e idosos manifestantes desceram pelas ruas de Hong Kong no domingo, 20 de Outubro. Muitos dos manifestantes usavam máscaras, desafiando as leis de emergência que proíbem as capas faciais.

A polícia não autorizou para a manifestação de domingo, o que significa que os manifestantes podem ser presos.

Os organizadores dizem, no entanto, que a constituição da cidade defende o seu direito de protestar sem arriscar a prisão.

Polícia de choque usa um cartaz a alertar manifestantes que vai usar gás lacrimogéneo contra os manifestantes anti-governo em Hong Kong, 20 Outubro, 2019.
Polícia de choque usa um cartaz a alertar manifestantes que vai usar gás lacrimogéneo contra os manifestantes anti-governo em Hong Kong, 20 Outubro, 2019.

As manifestações anti-governamentais deste fim-de-semana, sexta e sábado, marcam o 20º fim-de-semana consecutivo de protestos.

As principais demandas dos manifestantes incluem sufrágio universal, investigação de violência policial, amnistia para manifestantes e retirada formal de um projecto de extradição que permitiria que os tribunais controlados pela China continental julgassem as pessoas presas em Hong Kong.

Manifestantes anti-governo em Hong Kong. 20 Outubro, 2019.
Manifestantes anti-governo em Hong Kong. 20 Outubro, 2019.

Os protestos surgiram do controverso projecto de extradição e rapidamente se espalharam por exigências mais amplas por plena democracia e inquérito sobre alegada brutalidade policial.

"Você não pode pedir a uma cidade que já tem liberdade para andar para trás", disse Cheung, 33 anos, à Reuters.

Os protestos estão planeados para todo fim-de-semana do resto do ano, ou até que um lado ceda.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG