Links de Acesso

Professores seleccionados em Cabinda dizem ter sido preteridos

  • Redacção VOA

Candidatos aprovados em 2014 prometem ir ao Ministério da Educação em Luanda apresentar o seu caso.

Cidadãos aprovados no concurso para professores em 2014 na província angolana de Cabinda queixam-se de terem sido preteridos a favor de novos concorrentes de 2016 sem qualquer justificação .

Em declarações à VOA três dos visados acusam a Delegação Provincial da Educação de pretender afastá-los definitivamente da sua integração no Ministério da Educação deixando a entender ter havido negociatas entre os principais responsáveis do último concurso público, aberto em 2016.

Os mesmos disseram que na sequência da aprovação e com os contratos assinados só faltavamreceber as guias de apresentação nos novos empregos, mas até agora não receberam qualquer notificação oficial.

Os reclamantes prometem deslocar-se a Luanda para apresentar a apresentar o seu caso ao Ministério de tutela, alegadamente, porque os responsáveis locais não querem esclarecer o que se passou.

Não foi possível ouvir os responsáveis da Educação de Cabinda.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG