Links de Acesso

Professores marcham contra afastamento de colegas no Bengo


Greve acontece em 13 províncias em Abril

Doze professores foram suspensos por participarem na greve nacional

O Sindicatodos Professores da Província do Bengo, (SIMPROF), manifesta-se no sábado, 13, contra a exclusão dos professores que aderiram à greve realizada recentemente em Angola.

Professores planieam manfiestação no Bengo - 1:50
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:50 0:00

Os sindicalistas preveem, no entanto, uma repressão policial.

Doze professores na província do Bengo que exerciam as funções de coordenadores foram afastados dos seus postos de trabalho por terem aderido à greve que terminou no passado dia 2.

Mbaxi Paulino Mateus, secretário administrativo e porta-voz, provincial do SINPROF no Bengo, diz que a manifestação visa também protestar contra a atitude do Governo provincial que retirou a contribuição mensal dos professores ao sindicato, o que, para ele, foi “uma forma de retaliação”.

Mateus afirma que os lideres do SINPROF na província são vitimas de perseguições e ameaças, mas, não vão desistir.

“Temos recebido muitas ameaças mas, nós não vamos desistir”, garantiu.

O SINPROF deu até o final de Junho de 2017 como prazo para que o Governo resolva os problemas da classe.

Caso permaneçam por resolver, "os diferendos entre as partes, o SINPROF retomará a greve em data a anunciar porque os professores atingiram o limite de tanto sofrimento", reitera o sindicato.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG