Links de Acesso

Professores do ensino superior em Angola alertam para contratações de cubanos

  • Coque Mukuta

Universidade Agostinho Neto

SINPES quer que novo Governo responda às suas exigências

Angola vai gastar quase 65 milhões de dólares com a contratação de professores cubanos para lecionar no ensino superior público.

O Sindicato dos Professores do Ensino Superior de Angola (SINPES) diz que caso isso aconteça o novo Executivo está a começar muito mal.

A empresa cubana Antex foi contratada para recrutar professores do ensino superior, por 37,2 milhões de dólares e 27,4 milhões de dólares para docentes afectos aos cursos à área da Saúde.

Para Eduardo Peres Alberto, secretário do SINPES, caso o actual Executivo aposte mais nos professores expatriados estará a começar mal.

Alberto lembra que o antigo Governo prometeu investir mais aos professores nacionais.

O SINPES colocou uma lista de preocupações sobre a mesa da autoridades e quer que sejam respondas pelo actual Governo.

“Há muitos problemas pendentes e que achamos que esse Executivo deve assumir”, sublinhou o sindicalista, como “a melhoria significativa dos salários, acertos de categoria e melhores de condições de trabalho”.

O total do valor a ser desembolsado agora é igual à verba do ano passado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG