Links de Acesso

Primeiro-ministro guineense suspende viagens do Estado


Aristides Gomes, à esquerda

Aristides Gomes abre excepção apenas a viagens relacionadas com a preparação das legislativas de Novembro

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes, suspendeu as viagens ao estrangeiro pagos pelo Tesouro como forma de reduzir custos do Governo que, segundo um comunicado, deve estar focado na organização das eleições legislativas marcadas para 18 de Novembro.

"A medida de suspensão das viagens decorre da actual situação das Finanças Públicas e da necessidade do cumprimento do Programa acordado com o Fundo Monetário Internacional no que diz respeito à gestão orçamental",lê-se no comunicado divulgado nesta quarta-feira, 16,

Recorde-se que na semana passada, Aristides Gomes suspendeu as movimentações das contas das empresas públicas, depois de irregularidades detectadas por relatórios do Tribunal de Contas em várias instituições do Estado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG