Links de Acesso

Presidente são-tomense adia eleições autárquicas e regional

  • Óscar Medeiros

Evaristo Carvalho

Evaristo Carvalho diz não haver dinheiro

O Presidente de São Tomé e Príncipel decidiu pelo adiamento das eleições autárquicas e regional agendadas para Outubro deste ano.

A decisão foi revelada por Evaristo Carvalho nesta segunda-feira, 14, aos partidos políticos em audiências separadas no Palácio do Povo.

O MLSTP-PSD, principal partido da oposição, considerou "absurdo" que o Presidente da República não marque a data das eleições" e lembrou que "no orçamento retificativo há uma verba de 10 mil milhões de dobras (cerca de 445 mil dólares) de fundo de contrapartida da venda do arroz do Japão para a realização destas eleições".

Enquanto o presidente do Partido de Convergência Democrática (PCD), Arlindo Carvalho, defendeu que o Governo "deve definir prioridades" porque há dinheiro para outras coisas, o partido do Governo, a ADI, através do seu secretário-geral Lvy Nazaré, defendeu as eleições devem acontecer "quando as condições financeiras estiverem reunidas".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG