Links de Acesso

Assassinado presidente do município de Nampula Mahamudo Amurane

  • Redacção VOA

Mahamudo Amurane

Edil foi atingido por três tiros e morreu no hospital.

O presidente do Município de Nampula, em Moçambique, Mahamudo Amurane foi assassinado no início da noite desta quarta-feira, 4 de Outubro.

A notícia foi confirmada à VOA pelo vereador Ali Alberto, em directo de Nampula.

Citando testemunhas oculares, Alberto diz que seis pessoas - três de cada ala - aproximaram-se do presidente, que estava na sua farmácia, atingindo-o com três balas.

Levado ao hospital, Amurane viria a falecer mais tarde no dia em que se assinalam os 25 anos da celebração do Acordo de Paz.

O atirador, afirma Alberto, terá sido "uma pessoa mestiça, baixinha, de calções brancos e camisete preta".

"Temos fortes desconfianças"

Alberto conta que apurou que algumas pessoas tentaram perseguir, mas tal não resultou por receio de disparos.

Sobre o que terá originado o assassinato, Alberto conta que "temos desconfianças, fortes desconfianças, mas neste momento não podemos avançar, é sigilo".

Na hora desta publicação, o elenco de Amurane, de acordo com Alberto, não tinha recebido nenhuma comunicação sobre o envolvimento da polícia no apuramento das causas do assassinato.

Amurane pertencia ao Movimento Democrático de Moçambique (MDM) mas há algum tempo a esta parte ele estava em conflito com o partido liderado por Daviz Simango.

A 22 de Agosto, por ocasião das celebrações do 61º aniversário da cidade de Nampula, Amurane anunciou que iria deixar o partido e constituir uma formação política para concorrer à presidência do município.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG