Links de Acesso

Presidente francês em reunião de emergência após violentas manifestações em Paris


Paris acordou Domingo com sinais de destruição por todo o lado

O presidente francês Emmanuel Macron presidiu hoje a uma reunião de emergência do seu governo depois de 263 pessoas terem ficado feridas em manifestações em Paris que deixaram um rasto de destruição na capital francesa.

Macron reuniu-se com o primeiro-ministro, o ministro do interior e entidades superiores dos serviços de segurança depois de visitar o Arco do Triunfo e outros locais afectados pela violência tendo elogiado a polícia.

Fontes governamentais disseram que não foi discutida a imposição do estado de emergência.

A polícia disse que 412 pessoas foram detidas durante os confrontos e que 378 permanecem presas.

Policia de choque em acção contra manfiestantes
Policia de choque em acção contra manfiestantes

Entre os feridos contam se 23 membros das forças de segurança.

As manifestações dos chamados “coletes amarelos” começaram há várias semanas para protestar contra o aumento dos impostos nos combustíveis.

Nas manifestações de ontem em Paris manifestantes destruíram montras de lojas e incendiaram dezenas de veículos.

Os bombeiros apagaram vários fogos e manifestantes deitaram fogo a seis edifícios, disseram as autoridades.

Uma pessoa foi hospitalizada em estado critico depois de ter sido esmagada por uma barreira metálica derrubadas pelos manifestantes

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG