Links de Acesso

Presidente do Irão responsabiliza separatistas árabes por atentado


In this photo provided by Mehr News Agency, civilians try to take cover in a shooting attack during a military parade marking the 38th anniversary of Iraq's 1980 invasion of Iran, in the southwestern city of Ahvaz, Iran, Sept. 22, 2018.

O Presidente iraniano, Hassan Rohani, acusou os separatistas árabes neste Domingo, 23, sem citá-los directamente, de estarem por trás do atentado que deixou pelo menos 29 mortos durante uma parada militar no Sábado em Ahvaz, sudoeste do Irão.

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado de Ahvaz, mas as autoridades iranianas não parecem acreditar na declaração.

"Não temos nenhuma dúvida sobre a identidade daqueles que fizeram isso, sobre seu grupo e sua afiliação", disse Rohani à televisão estatal antes de partir para Nova Iorque, onde participará da Assembleia Geral da ONU.

Sem mencionar nomes, Rohani disse que todos os "pequenos países mercenários que vemos na região estão apoiados pelos Estados Unidos. São estimulados pelos americanos".

O ataque a tiros aconteceu a 22 de Setembro durante uma parada militar, na cidade de Ahvaz, que marcava o 38º aniversário da Invasão do Iraque sobre o Irão. Morreram 29 pessoas e 57 ficaram feridas.

Irão acusa Estados Unidos e "regime estrangeiro" de ataque contra parada militar

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG