Links de Acesso

Presidente angolano condecora Rafael Marques pela luta contra a corrupção


Rafael Marques, jornalista e activista

O Presidente angolano João Lourenço condecorou nesta quinta-feira, 7, mais de 70 personalidades e instituições que se destacaram nos ramos das artes, cultura, ciência, empreendedorismo, desporto e activismo social.

Rafael Marques condecorado por João Lourenço -2:39
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:36 0:00


No seu discurso, Lourenço destacou a figura do jornalista e activista Rafael Marques como “alguém que desde muito cedo teve a coragem de se bater contra a corrupção crescente que acabou por se enraizar na nossa sociedade”.

Rafael Marques, que se manifestou agradecido pala distinção presidencial, assegurou que vai continuar a dar o seu melhor na luta contra a corrupção: “Continuaremos com este estímulo presidencial a ser mais acutilantes e a fazer melhor o nosso trabalho”.

Lourenço reconheceu, no entanto, que “este reconhecimento tem leituras e reacções díspares a julgar pelos estereótipos criados ao longo do tempo quando a corrupção era encarada como algo normal em função de quem a praticava”.

Entretanto, ele disse sentir-se confortado ao “saber que encontrará da grande maioria da opinião pública nacional e internacional muita e melhor aceitação”.

Outra personalidade distinguida foi o jornalista e escritor Sousa Jamba, uma figura ligada à UNITA e que se manifestou “surpreso com a condecoração”.

O músico Eduardo Paim também fez parte da distinção presidencial, feita para assinalar mais um aniversário da Independência de Angola.

Entre outros condecorados estão a bióloga Adjany Costa, que recentemente venceu o prémio da ONU Jovens Campeões da Terra, os vencedores das medalhas de ouro de vela em África, a campeã africana de xadrez, Luzia Pires, os empresários Víctor Alves e Carlos Cunha e as cantoras Clara Monteiro e Lourdes Van-Dúnem, esta última a título póstumo).

Esta é a segunda vez que João Lourenço condecora distintas personalidades, entre civis e militares, a título póstumo e em vida, num gesto descrito como sendo de reconhecimento pelo seu contributo na conquista e preservação da independência nacional e da paz e democracia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG