Links de Acesso

Polícia russa prende mais de 200 manifestantes

  • Redacção VOA

Manifestantes detido em Moscovo

Alexei Navalny, organizador dos protestos contra a corrupção, foi detido à saída de casa

A polícia russa deteve mais de 200 pessoas em Moscovo e são Petersburgo nesta segunda-feira, 12, entre eles Alexei Navalny, o organizador dos protestos contra a corrupção, preso à porta de sua casa antes de se poder juntar aos manifestantes.

A prisão de Navalny foi revelada pela mulher nas redes sociais.

"Saudações. Eu sou Yulia Navalnaya. Felicidades a todos pela festa (Dia da Rússia). Alexei foi preso à porta de casa. Pediu-me para transmitir que os planos não mudaram: Tverskaya", escreveu no Twitter do próprio esposo.

Para assinalar o Dia da Rússia, que se celebra hoje, cerca de mil manifestantes deslocavam-se em direção ao Kremlin, mas tiveram o acesso bloqueado por barreiras policiais na rua Tverskaya, a principal via de Moscovo.

Um jornalista da Reuters no local viu aproximadamente 15 pessoas a serem detidas pela polícia.

Recorde-se que a 26 de Março, várias centenas de pessoas foram presas na capital durante a maior manifestação antigovernamental em anos.

Alexei Navalny passou 15 dias na prisão nesta altura.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG