Links de Acesso

Polícia prende 15 pessoas no Saurimo

  • Redacção VOA
  • Armando Chicoca

Policia em força nas ruas para impedir manifestação. Quatro sobas terão sido presos

Pelo menos 15 pessoas foram presas na cidade angolana do Saurimo onde um forta aparato policial impediu hoje uma manifestação de simpatizantes do Movimento do Protectorado das Lundas, uma organização que luta pela autonomia da região, disseram activsitas locais.

Esperança Kazangula, esposa do segundo Secretario regional do movimento, Ezequiel Muakumbi disse desconhecer o seu paradeiro.

Ela disse que a sua residência se encontrva cercada por elementos da polícia

Anteriormente o porta voz do movimento na cidade Domingos Kamunjaya tinha afirmado que as autoridades policiais angolanas prenderam quatro sobas no Saurimo onde policias armados e com cães patrulhavam as ruas devido à programada manifestação.

O movimento reivindica autonomia para o território e há alguns dias atrás levou a cabo uma manifestação no Cafunfo.

Kamundjaya disse que a polícia com cães e “armados até aos dentes” estavam a patrulhar a cidade

Por outro lado Osvaldo Manuel um dos organizadores da manifestação, disse que foi hoje detido no bairro Mwanguez.

Manuel falou á Voz da América quando se encontrava a caminho do comando municipal da polícia acompanhados por agentes policiais

Osvaldo Manuel tinha sido interrogado pela polícia na Quinta-feira sobre a programada manifestação e teve que assinar um termo de responsabilidade por qualquer ocorrência durante a programada manifestação.

Tal como requerido pela lei os organizadores tinham anteriormente informado as autoridades da sua intensão de levarem a cabo a manifestação.

As autoridades dos serviços de segurança recusaram-se a prestar declarações.

Membros do governo provincial também se recuaram a prestar declarações

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG