Links de Acesso

Polícia moçambicana desmantela rede de garimpeiros em Manica

  • André Baptista

Garimpeiro detido em Manica, Moçambique

Houve um garimpeiro detido

A polícia da província moçambicana de Manica desmantelou uma rede de garimpeiros numa zona rica em ouro no distrito de Manica e apreendeu vários materiais usados na extração ilegal de minerais, que geralmente são depois contrabandeados.

“Foi uma operação da Polícia de Protecção dos Recursos Naturais e Meio Ambiente no distrito de Manica, que visa desencorajar a prática do garimpo ilegal, em particular os poluidores dos rios devido a esta acção”, revelou nesta sexta-feira-feira, 18, Leonardo Colher, chefe do Departamento das Relações Públicas no comando da Polícia de Manica.

A rusga da Polícia nos túneis ilegais de extracção de ouro na quinta-feira 18, acabou com a detenção de um garimpeiro, dos milhares que operam na zona, e apreendeu dezenas de geradores elétricos, motobombas, picaretas e pás usados na exploração.

Uma anterior operação da polícia foi repelida por garimpeiros, que entraram em confrontos com a força estatal.

Dias depois, a polícia deteve 80 garimpeiros, dos quais 50 zimbabueanos que foram, de seguida, deportados.

“A Polícia tem se desdobrado no terreno com vista a prevenir estes casos (de garimpo)” precisou Leonardo Colher, vincando que na “altura quando a Polícia se fez no terreno os integrantes desta pratica acabaram-se pondo em fuga”.

A região é desde há alguns anos palco de conflitos entre garimpeiros moçambicanos e zimbabueanos e entre estes e as autoridades policiais, em torno da exploração de ouro, muitas vezes ilegal, o que forçou o Governo a criar associações mineiras com pequenas concessões, onde é feita a exploração racional de ouro e ambientalmente sã.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG