Links de Acesso

Polícia mata jovem que incendiou bandeira do MPLA em Luanda

  • Redacção VOA

Bandeira do MPLA queimada, Zango

"Nelo Boy" foi atingido quando fugia da polícia

Um adolescente de 17 anos foi morto pela polícia na zona de Zango 2, arredores de Luanda, quando fugia dos agentes no sábado, 22, depois de ter posto fogo numa bandeira do MPLA.

Ao ver aproximar uma brigada da Polícia de Intervenção Rápida, depois de ter colocado fogo na bandeira do partido no poder, "Nelo Boy", como era conhecido, pôs-se em fuga, tendo sido atingido mortalmente por uma bala disparada por um dos agentes.

A informação foi avançada à VOA por testemunhas no local.

O incidente mortal aconteceu na véspera do início da campanha eleitoral em Angola, que arrancou neste domingo, 23, e no meio de tensões entre militantes do MPLA e dos partidos da oposição, bem como de acusações de intolerância política.

Jovem morre no Uíge

Na sexta-feira, um jovem de 25 anos morreu numa cela da polícia no município de Kangola, província de Uíge, depois de ter sido detido na véspera quando, segundo fontes da corporação, rasgou uma bandeira do MPLA.

O jovem que não tinha sido identificado ainda, foi acusado pela polícia de também ter faltado respeito a um soba, mas outras fontes revelaram à VOA que terá havido um conflito com agentes da polícia e que ele foi fortemente espancado pelos agentes.

Não resistiu aos espancamentos e morreu na cela da polícia.

O secretário provincial da UNITA Felix Simão Lucas disse que o jovem não cometeu qualquer infracção à lei, mas denunciou que tinha conflitos internos com um dos agentes da corporação naquele município.

Por sua vez, o Serviço de Investigação Criminal afirmou que está a investigar o caso.

A campanha eleitoral termina a 21 de Agosto, dois dias antes das eleições.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG