Links de Acesso

Polícia detém dois dirigentes da Renamo por porte de armas


Afonso Dhlakama

Porta-voz da Renamo diz que as armas eram para a segurança de Afonso Dhlakama e pede intervenção do Presidente da República.

Dois quadros seniores da Renamo foram detidos hoje, 1, na província de Nampula na posse de cinco armas de fogo do tipo AK47.

please wait

No media source currently available

0:00 0:01:02 0:00
Faça o Download

A Renamo diz que as armas são para a segurança de Afonso Dhlakama e por isso pede o bom senso do Presidente da República para interceder para a libertação dos seus quadros.

São os deputados Fernando Matuazanga e o delegado provincial na Zambézia Abdala Issufo detidos quando saiam da cidade de Quelimane a caminho da cidade de Nampula.

Os dois transportavam consigo cinco armas de fogo, o que terá sido a razão da sua detenção. A Renamo diz que as armas eram da segurança do seu líder e por isso reclama a libertação dos seus quadros e a devolução dos artefactos.

Saimone Macuiane diz admitir que o transporte daquelas armas não foi comunicado às autoridades policiais e socorre-se do facto de não ser a primeira vez que tal acontece para justificar a falta de comunicação.

Macuiane diz que as detenções de hoje podem não ajudar no processo de diálogo político em curso entre o Governo e a Renamo.

XS
SM
MD
LG