Links de Acesso

Polícia russa detém 150 participantes num fórum da oposição em Moscovo


Homem é levado pela polícia por participar em reunião da oposição em Moscovo, 13 Março 2021

Agente policial justificou prisão com participação em “organização indesejável”

A polícia russa interrompeu neste sábado, 13, um fórum em Moscovo e prendeu todos os 150 representantes de vários grupos da oposição que pretendiam discutir as eleições regionais e locais marcadas para Setembro.

Num vÍdeo divulgado por um deputado, o polícia que liderou a acção disse que todos os detidos participavam de uma “organização indesejável” e que serão acusados de infrações administrativas.

O OVD-Info, um grupo independente que monitora prisões e repressão política, disse que, entre os mais de 150 detidos, estão Ilya Yashin, um político da oposição que lidera um dos distritos municipais de Moscovo, o antigo presidente da Câmara Munical de Yekaterinburg, Yevgeny Roizman, e a vereadora municipal de Moscovo, Yulia Galyamina.

“O objectivo deles era assustar as pessoas para que não se engajem na política”, disse Andrei Pivovarov, que ajudou a organizar o fórum, num vídeo gravado e publicado dentro de uma carrinha da polícia.

Pivovarov desempenhou um papel de liderança na Rússia Aberta, um grupo fundado pelo magnata russo auto-exilado Mikhail Khodorkovsky, que se mudou para Londres depois de passar 10 anos na prisão por desafiar o Governo de Vladimir Putin.

Imagens publicadas pelos órgãos de comunicação mostraram dezenas de carrinhas da polícia estacionadas em frente ao hotel, onde decorria o forum.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG