Links de Acesso

Polícia acusada de assassinar Secretário de Sindicato angolano


Edificio da Policia Nacional de Angola, na Baixa de Luanda, Angola

Foi assassinado na noite desta segunda-feira, 25, o Secretário Executivo do Sindicato dos Professores e Trabalhadores do Ensino Não Universitário (SIMPTENU), Lazarino dos Santos.

O presidente daquele sindicato, Avelino Calunga, que confirmou a morte de Lazarino Santos, acusa efectivos da polícia nacional de terem praticado o acto.

Segundo Avelino Calunga, tudo aconteceu quando na noite de segunda-feira, por volta das 21 horas, dois agentes da polícia nacional numa motorizada, atiraram sem razão aparente contra Lazarino dos Santos, também professor, quando este se encontrava no portão da sua residência, localizada no bairro Dangereux, município do Talatona.

“Fui informado pela esposa que eles estavam no portão do quintal de casa quando apareceram polícias na motorizada e do nada atiraram contra eles”, disse.

Avelino Calunga diz que Lazarino dos Santos além de Secretário Executivo do Sindicato dos Professores e Trabalhadores do Ensino Não Universitário, era professor da Escola do Primeiro ciclo Povo Luta na Samba, e deixa três filhos e uma viúva. “ A família está neste momento no comando geral e nós estamos a produzir notas de protestos contra a polícia”, disse.

Lazarino dos Santos estava com um vizinho que também foi morto no momento. A Polícia Nacional ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG