Links de Acesso

PM espanhol aposta em mulheres nos altos cargos do Governo


Pedro Sanchez anuncia Governo

Carmen Calvo é nova vice-primeira-ministra

O novo primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, anunciou o seu Governo com a maioria dos principais cargos entregues a mulheres.

Entre elas estão a socialista Carmen Calvo, que se torna vice-primeira-ministra,a directora-geral de Orçamento da Comissão Europeia, Nadia Calvino, nomeada ministra da Economia, e a procuradora Dolores Delgado, que se torna ministra da Justiça.

O socialista Sánchez chegou ao poder na sexta-feira, 1, após uma improvável aliança de partidos nacionalistas e anti-austeridade que apoiaram a sua tentativa de destituir o conservador Mariano Rajoy, devido a um escândalo de corrupção que envolve o Partido Popular.

Entretanto, ele rejeitou, por exemplo, os pedidos para ceder espaço no Governo ao partido de extrema-esquerda Podemos, que com 67 assentos foi um aliado importante na moção de censura contra Rajoy.

Pedro Sánchez escolheu também de uma ampla variedade de profissões.

O novo primeiro-ministro seleccionou um astronauta como ministro da Ciência, uma procuradora estadual especializada na acusação de ataques terroristas como ministra da Justiça e um negociador do tratado de mudanças climáticas como ministro do Meio Ambiente.

Com o Parlamento fragmentado, grandes mudanças políticas serão difíceis de ser alcançadas por Sánchez, mas vitórias rápidas sobre propostas populares e consensuais podem permitir que ele continue no cargo ou possivelmente vença uma eleição antecipada se o Governo não conseguir manter-se no poder até o final de seu mandato, em 2020.

Um dos seus maiores desafios será a reconstrução de relações com a região da Catalunha, no nordeste do país, que realizou um referendo separatista sobre independência no ano passado que culminou na imposição de governo direto por Madrid.

Sánchez deve permanecer firme no apoio do seu partido à unidade espanhola.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG