Links de Acesso

PIlotos e a TAAG chegam a acordo e greve é suspensa

  • Redacção VOA

Aviões da TAAG continuam a voar

Companhia compromete-se a satisfazer"progressivamente" as reivindicações dos pilotos

O Sindicato dos Pilotos Angolanos (SPLA) cancelou, a convocatória de greve marcada para esta quinta-feira, 15, depois de ter chegado a um entendimento com o Conselho de Administração da TAAG.

O porta-voz da companhia de bandeira de Angola, Carlos Vicente, garantiu à VOA que está assegurado o normal cumprimento das suas operações aéreas e que desta vez a administração da TAAG vai progressivamente satisfazer as reivindicações dos pilotos.

Uma nota do SPLA e da TAAG precisou quef oram satisfeitos os requisitos da maioria da Assembleia Geral para a qual foram mandatados e termina com “um agradecimentos ao ministro dosTransportes, Augusto da Silva Tomas, e à Administração da TAAG pelos esforços em unir as duas partes”.

No seu caderno reivindicativo os pilotos apontavam como causa da greve o facto de continuarem a sentir “um degradamento galopante e substancial das suas condições económico-financeiras, sociais e profissionais”.

Por outro lado, a companhia aérea angolana anunciou que encerra, a partir de 30 de Junho, os seus escritórios no Porto, Portugal, passando todos os serviços gerais a serem realizados nas suas instalações localizadas no Aeroporto Internacional "Sá Carneiro", naquela cidade.

A medida foi justificada com uma alegada necessidade de “proporcionar um serviço de proximidade com melhorias evidentes na sua eficiência e rapidez”.

No mês de Maio, a transportadora encerrou os seus escritórios em Paris, França, e no centro de Lisboa, tendo este último serviço sido disponibilizado no aeroporto “Humberto Delgado”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG