Links de Acesso

Pelo menos oito mortos em manifestações em Kinshasa


Secretário Geral da ONU Antonio Guterres

Secretário geral da ONU apela ao presidente Kabila para respeitar acordo que visa a sua saída do poder

O secretário-geral da ONU António Guterres apelou ao presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, para respeitar um acordo que visa a sua saída do poder.

O apelo foi feito depois de pelo menos oito pessoas terem sido mortas em manifestações contra o seu governo ontem Domingo.

Kabila, que está no poder desde 2001 assinou um acordo com organizações da oposição há mais de um ano para abandonar o poder logo que o seu mandato terminasse e se realizassem novas eleições.

Contudo as eleições foram adiadas para Dezembro deste ano levantando receios que Kabila que prolongar a sua estadia no poder.

Nas manifestações de ontem para além das oito pessoas mortas dezenas de outras foram presas.

Soldados dispararam gás lacrimogéneo contra igrejas para tentar dispersar ajuntamentos de manifestantes nas missas católicas.

Na sua declaração o Secretário geral da ONU apelou também ao governo e às forças de segurança para usarem de moderação e respeitarem os direitos do povo congolês á liberdade de expressão e reunião pacífica.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG