Links de Acesso

PCD pede debate parlamentar sobre milho produzido por chineses em São Tomé e e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Produção levanta dúvidas

Oposição quer saber se milho é transgénico ou hibrido

O Partido da Convergência Democrática (PCD), o segundo maior partido da oposição são-tomense solicitou à Assembleia Nacional um debate parlamentar sobre o milho que está a ser cultivado no país por técnicos chineses.

O PCD quer que o Governo esclareça as características do milho que levou uma ambientalista do país residente em Portugal a permanecer em greve de fome durante várias semanas contra a sua introdução no território são-tomense.

Milho transgénico ou hibrido é a dúvida que o PCD pela voz de Fernanda Pontífice pretende ver esclarecida.

O pedido do PCD ainda não obteve a autorização da Assembleia Nacional.

Enquanto isso, a ambientalista são-tomense, Elsa Garrido, residente em Portugal pretende voltar à greve de fome.

Por seu lado, a ADI, o partido de maioria parlamentar que sustenta o Governo, considera que não faz sentido qualquer debate sobre esta matéria sem o resultado dos testes ao milho introduzido no país pelos técnicos chineses.

O secretário-geral do partido no poder, Levy Nazaré, diz que esta polémica é mais uma manobra política da oposição para boicotar a cooperação com a China.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG