Links de Acesso

Parceria público-privada facilita ligação entre ilhas e Bissau

  • Lassana Casamá

Duas embarcações vão ligar Bolama e Bubaque e a capital da Guiné-Bissau

As populações das ilhas de Bolama e Bubaque, a Guiné-Bissau, beneficiaram de duas embarcações de transportes de passageiros e cargas que passam a fazer ligações com a capital do país.

Os dois navios, de uma companhia privada estrangeira, vêm juntar-se assim ao recém-reparado barco da empresa pública de transportes, avariado há quase um ano, período durante o qual, as pessoas eram obrigadas a viajar através das perigosas pirogas.

A aquisição das duas embarcações, mesmo sendo uma iniciativa privada, em parceria com o Estado, representa, para já, um alívio para a população das ilhas.

Os barcos, um de carga e o outro de passageiros, pertencem a uma empresa espanhola e vão fazer ligações entre Bissau, Enxudé, parte continental do Sul da Guiné-Bissau, e zona insular, concretamente Bolama e Bubaque.

“Isso é uma satisfação para nós e que hajam mais navios com maior dimensão”, diz um morador.

O mais recente acidente nas águas guineenses aconteceu entre duas ilhas e resultou na morte de cinco pessoas e vários desaparecidos.

Basta recordar que têm-se registado acidentes semelhantes nos últimos anos porque o transporte das pessoas é assegurado por pirogas que não oferecem maior segurança a navegação.

Para o primeiro-ministro, Umaro Sissoco Embaló, o momento é de falar menos e agir mais

“Como eu disse sempre: nós somos uma geração de concreto. Falar pouco e agir mais”, reiterou Embaló.

Refira-se que o Presidente, José Mário Vaz, procedeu hoje ao lançamento de duas novas vedetas de fiscalização marítima, obtidas com o apoio das autoridades espanholas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG