Links de Acesso

Papa expressa 'vergonha' diante do fracasso da Igreja no combate aos abusos


Papa Francisco no Castelo de Dublin. Irlanda, 25 de Agosto 25, 2018.

O Papa Francisco reconheceu neste Sábado, 25 de Agosto, a sua "vergonha" diante do fracasso da Igreja por não ter enfrentado adequadamente os "crimes ignóbeis" do clero na Irlanda, durante seu discurso diante das autoridades políticas e civis daquele país.

"O fracasso das autoridades eclesiásticas - bispos, religiosos superiores, sacerdotes e outros - para tratar adequadamente estes crimes repugnantes provoca indignação e continua a causar sofrimento e constrangimento à comunidade católica. Eu mesmo compartilho esses sentimentos", disse o Papa numa intervenção sobre esta questão.

O pontífice dirigiu um pensamento particular às "mulheres que no passado sofreram situações de particular dificuldade".

"Eu não posso deixar de reconhecer o grave escândalo causado na Irlanda pelos abusos de menores por parte de membros da Igreja encarregados de protegê-los e educá-los", disse Francisco.

Desde 2002, mais de 14.500 pessoas declararam-se vítimas de abusos sexuais cometidos por padres na Irlanda.

"É uma história triste e vergonhosa, uma mancha no nosso Estado, na nossa sociedade e na Igreja Católica", disse Varadkar.

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, pediu ao Papa que use sua "posição e influência" para tentar fazer "justiça" às vítimas dos abusos cometidos por membros do clero no mundo inteiro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG