Links de Acesso

Papa canoniza arcebispo assassinado por militares em São Salvador


Milhares de pessoas juntaram-se hoje no Vaticano para presenciar a canonização pelo Papa Francisco de sete pessoas incluindo o arcebispo de São salvador Oscar Romero e o Papa Paulo VI.

O Papa Francisco usou um cinto com manchas de sangue que o arcebispo Romero usava quando foi assassinado a tiro durante uma missa na cidade de el Salvador em 1980

Romero tinha denunciado a violência da ditadura militar que governava o país.

Uma mulher coma foto do arcebispo Romero
Uma mulher coma foto do arcebispo Romero

A canonização de Romero teve a oposição de prelados conservadores que se opõem á chamada teologia da libertação afirmando que ele tinha sido morto por razões políticas e não religiosas.

O Papa Paulo VI presidiu às reformas do Segundo Conselho do Vaticano que modernizaram a Igreja Católica e que incluíram o uso das línguas nacionais nas missas em vez do tradicional latim.

Paulo VI foi também o primeiro Papa a viajar para se reunir com os fiéis e a sua encíclica de 1968 Humanae Vitae reafirmou a oposição da igreja a anticoncepcionais artificiais

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG