Links de Acesso

Países mais industrializados do mundo aprovam imposto de 15 por cento para grandes empresas


Rishi Sunak, ministro das Finanças do Reino Unido

Os ministros das Finanças do G7, o grupo dos sete países mais ricos do mundo, decidiram implementar um imposto mínimo global para grandes empresas de "pelo menos 1 por cento".

O acordo foi anunciado neste sábado, 5, após dois dias de reuniões em Londres.

O acordo foi descrito como "histórico" pelo ministro britânico das Finanças, Rishi Sunak, que justificou a decisão com a necessidade de uma reforma tributária global "adaptada à era digital".

"Uma boa notícia para a justiça e a solidariedade fiscais", acrecentou o ministro alemão das Finanças, Olaf Scholz, acrescentado que "as empresas não poderão mais fugir da suas obrigações tributárias transferindo habilmente os seus lucros para países com baixa tributação"

Os ministros das Finanças do G7 dizem que a medida visa uma melhor distribuição dos direitos de tributar os lucros das grandes multinacionais, principalmente as digitais e americanas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG