Links de Acesso

Falta de alimentação, transporte e do credenciamento dos delegados e a troca de nomes são algumas das irregularidades

A UNITA e CASA-CE, na oposição,queixam-se de irregularidades nas assembleias de voto no Uíge na eleição desta quarta-feira, 23.

Falta de alimentação, transporte e do credenciamento dos delegados e a troca de nomes dos eleitores nas assembleias de voto foram apontadas como irregularidades por aqueles dois partidos.

Salomão Edgar, um dos delegados de lista da UNITA, disse ter notado “várias irregularidades”.

O secretário provincial da CASA-CE, Inácio kussunga, disse não ser verdade a informação vinculada pela TPA sobre o depósito de dinheiro nas contas dos partidos políticos para custear as deslocações e alimentação dos seus delegados de lista.

“Nos não recebemos esse dinheiro, a CNE tem que se responsabilizar, eles passaram esta informação para desmotivar os delegados”, acusou Kussunga.

Entretanto, no terreno, a VOA falou com eleitores que se manifestaram, na sua mairia, satisfeitos com o processo eleitoral.

O presidente da assembleia de voto 3416 Samalando Muginga disse que os eleitores afluíram de forma positiva as mesas de voto.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG