Links de Acesso

ONU denuncia aumento de crimes contra a humanidade no Burundi


Pierre Nkurunziza

Observadores apontam o dedo ao Presidente Pierre Nkurunziza

Observadores da Organização das Nações Unidas no Burundi alertaram nesta quarta-feira, 5, para as graves violações dos direitos humanos, incluindo crimes contra a Humanidade praticados no país e criticaram os "recorrentes discursos de ódio" do Presidente Pierre Nkurunziza.

Num relatório, a comissão de inquérito para o Burundi assegura que entre as violações constam execuções sumárias, desaparecimentos forçados, detenções arbitrárias, violência sexual, tortura e outros tratamentos cruéis.

Os observadores denunciaram ainda um aumento das violações e acusaram o Governo de não colaborar com a comissão da ONU.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG