Links de Acesso

Noruega corta para metade apoio ao Fundo da Amazónia

  • Redacção VOA

Amazónia desmatada

Oslo justifica decisão com desmatamento da flores e Brasília responsabiliza Dilma Rousseff

O Governo da Noruega anunciou que vai cortar para metade o apoio que concede ao Fundo da Amazónia em virtude de o Governo brasileiro ter falhado na protecção da floresta.

O anúncio foi feito na quinta-feira, 22, dia em que o Presidente brasileiro Michel Temer iniciou uma visita ao país.

O corte deve rondar os 200 milhões de reais, cerca de 70 milhões de dólares, só em 2018.

O país nórdico já investiu quase mil, milhão de dólares em projectos de preservação e protecção dos povos indígenas e da Amazónia, numa média de 70 milhões por ano.

O ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Vidar Helgesen, disse que “de acordo com as regras que foram desenhadas pelas próprias autoridades brasileiras, se o desmatamento aumenta, haverá menos dinheiro saindo da Noruega, mas se o desmatamento diminuir, o dinheiro volta".

Oslo considera que o Governo brasileiro permitiu um enorme desmatamento nos últimos três anos.

O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Sarney Filho responsabilizou o Governo de Dilma Rousseff e disse que não pode garantir a preservação.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG