Links de Acesso

"Não somos um povo criminoso", defende a psicóloga clínica angolana Encarnação Pimenta


Maria Encarnação Pimenta, psicóloga (clínica e industrial) e professora universitária.

Os níveis de ansiedade da sociedade angolana podem estar na origem do aumento dos homicídios voluntários no país.

A crise económica que se vive, o consumo excessivo de álcool e drogas, a falta de acesso à educação, os casamentos prematuros e até promessas dos políticos constituem um conjunto de factores que contribuem para uma sociedade pouco saudável, explica Maria Encarnação Pimenta.

"Não somos um povo criminoso", defende a Psicóloga Clínica Encarnação Pimenta
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:05 0:00

A psicóloga Maria Encarnação Pimenta analisa o estado de saúde uma nação que ela considera não ser criminosa apesar dos comportamentos desviantes a que temos assistido.

Maria Encarnação Pimenta é psicóloga clínica e lembra também que a falta de educação, os casamentos prematuras e as expectativas que as pessoas têm em relação aos seus pares e à própria sociedade conduzem aos crimes que têm sido reportados, desde mulheres que esfaqueiam maridos a amigos que matam por um carro.

A psicóloga aconselha o governo a fazer um estudo de população e a preocupar-se em criar mais escolas e hospitais do que criar cadeias.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG