Links de Acesso

Não há Ébola em Cabinda, afirma governadora


Uma mulher grávida, suspeita de ter o vírus é levada numa ambulância, em Freetown, na Serra Leoa

Redes sociais tinham propagado rumores de três casos, Aldina da Lomba detalha medidas tomadas para se impedir a entrada da doença no enclave

A governadora da província desmentiu nesta cidade o registo de casos de epidemia da Ébola em Cabinda.

please wait

No media source currently available

0:00 0:02:25 0:00
Faça o Download

Aldina Matilde da Lomba desdramatiza as notícias tornadas públicas por algumas redes sociais de que haviam sido diagnosticados três casos de cidadãos com o vírus.

A governadora anunciou por outro lado que as autoridades locais tomaram medidas de biossegurança para se impedir a propagação da epidemia no enclave que tem uma longa extensão fronteiriça com o Congo Democrático, a braços com a ébola.

Segundo a governadora, foram criadas medidas adicionais no aeroporto e nas zonas fronteiriças para a realização de exames em cidadãos que entram para a província de Cabinda.

Para o combate à epidemia, vários encontros foram realizados entre os responsáveis da saúde dos dois países e foram discutidos planos e medidas conjuntas para o controlo dos cidadãos das três regiões a nível fronteiriço .

XS
SM
MD
LG