Links de Acesso

Nampula: Vahanle diz que a situação da autarquia é triste e difícil


Paulo Vahanle, Presidente do Municipio de Nampula, Moçambique

No geral, a cidade tem sérios problemas na remoção do lixo, construções desordenadas, ocupação de passeios para construção de empreendimentos comerciais e a instalação de quiosques em locais impróprios.

O novo presidente do Conselho Municipal da Cidade de Nampula,Paulo Vahanle, da Renamo, recentemente empossado, encontra uma instituição cheia de dividas, sem recursos materiais e com equipamento avariado.

Nampula: Vahanle diz que a situação da autarquia é triste e difícil
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:26 0:00

Algumas viaturas da instituição em número não especificado encontram-se em locais do desconhecimento das autoridades.

Vahanle continua a actualizar a dívida que tem com terceiros, que até este momento está avaliada em mais de 41 milhões de meticais só em obras. Mas ainda assim há obras inacabadas.

Perante o cenário, Vahanle diz que a situação da autarquia é triste e difícil.

O município também tem dívida contraída em 2014, no âmbito da aquisição de 40 autocarros para transporte público urbano, pelo assassinado edil Mahamudo Amurane. Trata-se de um crédito de mais de 27 milhões de meticais dado pelo banco FNB.

Vahanle quer que seja esclarecida a situação da dívida do município e diz que em casos de algo ilegal haverá responsabilização.

Sem fundos e com as contas bloqueadas, Vahanle diz que “estamos a enviar cartas aos bancos e às Finanças para ver se nos podem autorizar a movimentar estas contas e trabalharmos”.

No geral, a cidade tem sérios problemas na remoção do lixo, construções desordenadas, ocupação de passeios para construção de empreendimentos comerciais e a instalação de quiosques em locais impróprios.

Para resolver estes problemas, Paulo Vahanle pede que os munícipes colaborem no pagamento de impostos e taxas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG