Links de Acesso

Nampula sem “Chapa 100”


Nampula, Moçambique

Os transportadores semi-colectivos de passageiros na cidade de Nampula, vulgo Chapa 100, voltaram à greve hoje, 6 de Junho. Eles exigem o aumento da tarifa, dos actuais 10 para 15 meticais (pelo menos 25 cêntimos do dólar)

Esta é a segunda greve, em menos de dois meses,e resulta da falta de entendimento entre a Associação dos Transportadores e a edilidade liderada por Paulo Vahanle, da Renamo.

Os transportadores dizem ter feito a decisão para pressionar a edilidade a definir uma solução urgente face ao aumento do preço de combustível e acessórios de viaturas.

Nampula sem “Chapa 100
please wait
Embed

No media source currently available

0:00 0:02:26 0:00

“Não há rendimento na actividade, com os preços cada vez mais altos de combustível”, disse Mário Alfane, um dos motoristas.

Alfane explicou que que antes conseguia um lucro diário até 1000 meticais, mas agora só consegue 200 meticais.

Por causa da greve, pessoas que pretendiam ir ao trabalho, escola, comércio entre outras actividades, foram forçadas a longas distâncias e algumas desistiram de continuar a viagem.

A VOA contactou a associação dos transportadores de Nampula e o Conselho Municipal, mas não se mostraram disponíveis para abordar o assunto.

 Greve dos chapas em Nampula devido ao aumento do combustível
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:19 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG