Links de Acesso

Nampula: MISA condena intimidação de jornalistas da Rádio Encontro


Imagem de arquivo

A Rádio Encontro vai continuar a fazer a cobertura e a "denunciar atitudes anti-democráticas", diz o seu diretor, padre Benvindo Tapua.

A Rádio Encontro diz que foi ameaçada por ter denunciado irregularidades no processo de eleições intercalares de Nampula, o que o Instituto de Comunicação Social da África Austral (MISA) condena.

O director do órgão, padre Benvindo Tapua, conta que o recados foram enviados por intermédio de colegas de outras estações católicas da região, após a Rádio Encontro ter denunciado uma intenção de votação fraudulenta.

“Tivemos informação de Mecubúri, Malema e de outros distritos de que 50 cidadãos foram inscritos para irem à cidade de Nampula, apoiar o candidato (da Frelimo) - aí não havia problema - o problema surge quando dizem que vão votar", diz Tapua.

Tapua diz que apesar da ameaça, a Rádio Encontro vai continuar a fazer a cobertura e a "denunciar atitudes anti-democráticas".

Padre Benvindo Tapua, director da Rádio Encontro
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:58 0:00

A delegação do MISA-Moçambique em Nampula diz que recebeu com preocupação a ameaça.

"Nós queremos condenar esta acção e incentivar a Rádio Encontro a continuar a dar o seu máximo na divulgação de informação e desencorajar os partidos para deixarem de intimnidar jornalistas", afirma Sitoi Lutxeque, do MISA-Mocambique, em Nampula.

Sitoi Lutxeque, Presidente Misa-Nampula
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:08 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG