Links de Acesso

Nampula: Centenas perdem casas e bens por causa da chuva

  • Adina Sualehe

Cheias em Nampula, 2018

As zonas mais atingidas foram a Ilha de Mocambique, Mossuril, Monapo e Meconta.

Nerane Sumaila e seus sete filhos, residentes no distrito de Monapo, em Nampula, vivem desde a noite de segunda-feira (15), na varanda da sua vizinha. A sua casa e parte de bens domésticos foram destruídos pela chuva.

Desesperada, Nerane precisa de alimentação e meios para reconstruir a sua casa.

Nampula: Centenas perdem casas e bens por causa da chuva
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:33 0:00

Ela não é a única mãe vítima da chuva. Mais de 15 mil pessoas perderam parcial e totalmente as residências devido à chuva acompanhada de ventos, que se registaram nas últimas 42 horas em quase toda a província de Nampula.

As zonas mais atingidas foram a Ilha de Mocambique, Mossuril, Monapo e Meconta. Os residentes dalgumas destas áreas estão a ser retirados por barcos.

O caudal do rio Monapo aumentou e as pessoas que vivem nas proximidades foram retiradas. Neste momento, recebem apoio de outras famílias e mesquitas. As autoridades governamentais oferecem apoio às famílias para reconstrução de sua casas e alimentação.

Cheias em Nampula, Moçambique
Cheias em Nampula, Moçambique

Algumas vias de comunicação como as que ligam Monapo a Liupo e Mogincual, e Naguema e chocas Mar foram destruídas. Noutras vias, a degradação ficou acentuada. Um número não especificado de salas de aulas de construção precária ficou destruído.

No entanto, continua o trabalho de recolha de dados dos agregados afectados.

O Instituto de Gestão de Calamidades e o Instituto Nacional de Meteorologia monitoram a situação nas áreas afectadas, que estão a ser visitadas pelo governador Victor Borges.

Borges disse que a situação preocupa o seu executivo, mas já tinha sido prevista.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG