Links de Acesso

O "Mwata": pai, rei, chefe de uma aldeia, duma nação


O "Mwata"

O Mwata, espectáculo apresentada pelo artista Mussunda Nzombo na Galeria Sete e Meio, na Baixa de Luanda. Faz parte do Mussunda Nzombo Project.

O nome Mwata é literalmente compreendido como “pai”, “rei” ou “chefe”, aquele que conduz os destinos de uma aldeia, de um povo ou de uma nação. Este nome aparece associado à Nação Lunda-Tchokwé cujo monarca era assim denominado, depois do primeiro: Mwata Yamvo.

No tempo presente, segundo o Mussunda Nzombo Project, o relevante prevalece sob a doença do exibicionismo e o ideário nacional ficou na memória dos cintos à sombra da mulemba.

Com o Mwata, Mussunda Nzombo aproveitou o momento para assumir a sua nova identidade cultural africana. Enquanto viveu na Alemanha, por mais de vinte anos, apresentava-se como Miguel Prince, agora em Angola assume o nome de um dos seus ancestrais maternos Mussunda Nzombo.

No seguimento da exibição do Mwata, Mussunda promete apresentar o projecto em vídeo e fotografia nos meses de Novembro e Dezembro. “ Em resposta ao pedido de muita gente, levantamos a possibilidade de viajarmos para o interior de Angola”, diz o artista.

Mussunda Nzombo é modelo, criador de arte, activista cultural, promotor de eventos culturais, por vezes gastrónomo.

A reportagem é assinada por Pedro Dias. Pode escutar carregando no link abaixo.

O "Mwata", pai, rei, chefe
please wait

No media source currently available

0:00 0:18:27 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG