Links de Acesso

Morreu Ray Liotta, o mafioso de "Goodfellas"


Actor Ray Liotta

Ray Liotta, o actor mais conhecido por representar o mafioso Henry Hill em "Goodfellas" (Tudo Bons Amigos) e o jogador de basebol Shoeless Joe Jackson em "Field of Dreams", morreu. Tinha 67 anos.

Um funcionário do Instituto Nacional de Ciências Forenses da República Dominicana, que não estava autorizado a falar aos meios de comunicação, confirmou a morte de Ray Liotta e disse que o seu corpo foi levado para a morgue do Cristo Redentor.

Representantes de Liotta disseram ao The Hollywood Reporter e à NBC News que ele morreu durante o sono na quarta-feira à noite na República Dominicana, onde estava a filmar um novo filme.

Joey Coco Diaz, Ray Liotta e John Borras em "The Many Saints of Newark"
Joey Coco Diaz, Ray Liotta e John Borras em "The Many Saints of Newark"

O nativo de Newark, Nova Jérsia, nasceu em 1954 e foi adoptado aos seis meses de idade de um orfanato por um funcionário de um município e um proprietário de peças de automóvel. Liotta assumiu sempre que era maioritariamente italiano - e nos filmes também. Mas mais tarde na vida, enquanto procurava os seus pais biológicos, descobriu que na realidade era de origem escocesa.

Embora tenha crescido focado na prática de desportos, incluindo o basebol, durante o seu último ano do liceu, o professor de teatro perguntou-lhe se queria estar numa peça de teatro, o que ele aceitou. Quer soubesse ou não na altura, isso plantou uma semente, embora ele ainda assumisse que acabaria por trabalhar na construção.

E mais tarde, na Universidade de Miami, escolheu drama e representação porque não tinham qualquer exigência matemática. Dizia frequentemente em entrevistas que só começou a fazer audições para peças de teatro porque uma rapariga bonita lhe disse para o fazer. Mas isso pô-lo num curso. Após a graduação, arranjou um agente e logo obteve a sua primeira grande oportunidade na telenovela "Another World".

Levaria alguns anos para ele conseguir o seu primeiro grande papel no cinema, em "Something Wild", de Jonathan Demme, como o ex-marido de cabeça quente da personagem de Melanie Griffith, Ray. Na altura, ele tinha 30 anos e não tinha um emprego estável há cinco anos. Numa entrevista em 1993, disse à The Associated Press que queria obter o papel com base nos seus próprios méritos, apesar de conhecer Griffith. Quando isso não funcionou, ele "telefonou à Melanie".

"Odiei fazê-lo, porque isso é política para mim; ligar a alguém para o ajudar. Mas eu meio que percebi que isso faz parte do que está em causa", disse ele.

Isso valeu-lhe uma nomeação para o Globo de Ouro. Alguns anos mais tarde, ele teria o memorável papel do fantasma de Shoeless Joe Jackson em "Field of Dreams". Embora tenha levado muitos às lágrimas, não escapou à crítica. Liotta lembrou-se mais tarde de ouvir um locutor de basebol durante um jogo dos Mets queixar-se de ter batido da forma oposta à de Joe Jackson.

Ray Liotta
Ray Liotta

O seu papel mais icónico, como o mafioso da vida real Henry Hill em “Goodfellas”, de Martin Scorsese, veio logo depois. Ele e Scorsese tiveram que lutar por isso, porém, com várias audições e pedidos ao estúdio para lançar o ainda relativamente desconhecido.

Numa entrevista, ele ficou maravilhado com a forma como “Goodfellas” tinha “vida própria” e só cresceu com o tempo.

“As pessoas assistem repetidamente, e ainda respondem a isso, e diferentes idades surgem, até hoje, adolescentes vêm até mim e eles realmente se conectam emocionalmente a isso”, disse ele.

Não importa o tamanho do papel, Liotta sempre conseguiu destacar-se e roubar cenas, seja como o pai de Johnny Depp em “Blow” ou o advogado de divórcio de Adam Driver em “Marriage Story”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG