Links de Acesso

Aquisição de Mercedes para os deputados gera polémica em Moçambique

  • William Mapote

Em Moçambique continua a polémica em torno de carros da marca Mercedes Benz. São 18 viaturas topo de gama adquiridas pelo Estado para os membros da Comissão Permanente da Assembleia da República.

A medida está a chocar o país e já motivou o lançamento de um abaixo-assinado, movido por um parlamentar do MDM, que procura aliança entre os seus pares, para repudiar a medida.

Para já, Venâncio Mondlane, autor da iniciativa, diz que tem recebido apenas apoio moral e desafia outros parlamentares a darem a cara pela acção.

"Muitos deputados mandam mensagens a dar apoio e queria aproveitar esta oportunidade para dizer a todos eles, para fazerem-no publicamente" disse em entrevista a VOA.

O Ministério da Economia e Finanças diz que a medida é legal, mas ainda assim, a sociedade continua a repudiar em vários fóruns.

Num programa de televisão, Tomás Vieira Mário, presidente do Conselho Superior de Comunicação Social, disse que a atribuição de viaturas acontece numa altura de dificuldades.

"O momento em que o país vive, em que todos somos chamados ao sacrifício é que está por trás deste choque. Os cidadãos entendem que os sacrifícios não devem ser para uns e não para outros. Em outros momentos, até podia ser aceitável, mas não agora", disse o jornalista.

Os deputados beneficiários, entre os quais a Presidente do Parlamento, continuam silenciosos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG