Links de Acesso

Hospital de Inhambane vai custar 700 milhões de dólares

  • Francisco Júnior

Naftal Matusse, Director Provincial de Saúde de Inhambane

Estrutura estará pronta em 2019 e terá 500 profissionais

O Governo moçambicano vai investir 700 milhões de dólares na construção um hospital de nível provincial e em Inhambane.

Iniciadas em Fevereiro passado, as obras vão durar 18 meses.

As autoridades dizem que será uma construção robusta e anticiclónica.

Inhambane já tem um Hospital Provincial, mas é uma unidade que existe desde 1929.

O novo hospital vai ficar em Maxixe, área situada ao longo da única estrada que faz a ligação rodoviária entre o sul, o centro e o norte do país.

Com mais de 125 mil habitantes, é a segunda mais importante cidade de Inhambane, sendo considerada a capital económica da província.

Naftal Matusse, director provincial de Saúde de Inhambane, revelou que, inicialmente, a obra estava projectada para 400 camas mas, devido à limitação de recursos financeiros, o Governo decidiu apostar, nesta primeira fase, apenas na construção de um bloco com serviços de urgência.

Matusse acredita que, em 2019, o Hospital Provincial da Maxixe, que terá acima de 500 profissionais, entre especialistas, médicos de clínica geral, enfermeiros e outros técnicos, já estará pronto para receber os primeiros pacientes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG