Links de Acesso

Moçambique e Angola na parte baixa do Índice Mundial da Felicidade de 2018


Finlândia é primeiro e Burundi o último

Num total de 156 países, ocupam os lugares 123 e 142, respectivamente

A Finlândia lidera o Índice da Felicidade Mundial de 2018 num total de 156 países analisados por especialistas das Nações Unidas.

Noruega e Dinamarca completam o pódio dos três países mais felizes, enquanto Sudão do Sul, República Centro-Africana e Burundi ocupam os últimos lugares do Relatório Mundial da Felicidade de 2018.

Neste ano, o documento também avalia a felicidade dos imigrantes nos seus países de residência, a partir de uma tabela que inclui 117 países com dados de entre 2005 e 2017.

Entre os países de língua portuguesa, Brasil é o melhor colocado, na 28a. posição, com Portugal a surgir muito mais abaixo, no lugar 77.

Entre os africanos, Moçambique ocupa o lugar 123, enquanto quase no fim do índice aparece Angola na 142a. posição.

Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe não foram analisados no relatório.

Apesar da boa classificação, o Brasil teve uma uma queda em relação ao índice do ano passado, quando ocupou a 22ª posição.

No âmbito latino-americano, o Brasil também é um dos destinos mais desejados pelos emigrantes potenciais do continente.

Entre os países com as maiores proporções de emigrantes potenciais se encontram Honduras (47%), El Salvador (42%) e Peru (33%).

O pior país da América Latina é a Venezuela (102).

O documento foi divulgado nesta quarta-feira, 14, na Academia Pontifícia das Ciências Sociais, no Vaticano.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG