Links de Acesso

Moçambique: Milhares de meticais do erário público nas teias da corrupção

  • William Mapote

Cidade de Maputo, capital de Moçambique, vista do mar.

Autoridades dizem que a falta de legislação específica dificulta a recuperação de fundos desviados.

A corrupção e o desvio de fundos continuam um dos principais cancros do erário público nacional, dizem as autoridades.

No ano passado, pelo menos meio milhão de meticais, correspondentes a mais do que o valor necessário para responder aos danos causados pela depressão tropical no norte do país, não entraram nos cofres do Estado, devido a esquemas corruptos.

Corrupção lesa erário público
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:28 0:00

O Gabinete Central de Combate a Corrupção (GCCC) não avançou dados comparativos com o período anterior, mas disse que, há cada vez mais casos a serem descobertos.

Deste valor, apenas pouco mais de 10 por cento podem ser recuperados, pelo menos tendo em conta os processos já instruídos.

O GCCC aponta a falta de legislação específica, como o principal factor que dificulta a recuperação.

Cristóvão Mondlane, porta-voz daquele Gabinete falou ainda do alegado esquema de corrupção envolvendo a companhia brasileira Odebrecht, nas obras da construção do Aeroporto de Nacala.

Mondlane diz que o processo está a ser investigado e dentro de alguns meses, haverá novidades.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG