Links de Acesso

Milhares de civis fogem de duas frentes de combates na Síria


Milhares de civis fugiam neste sábado, 17, na Síria, onde a guerra se agita em duas frentes diferentes: em Afrin, enclave curdo no noroeste do país, e na última fortaleza rebelde de Ghouta Oriental, nas proximidades de Damasco.

O regime sírio de Bashar al-Assad, apoiado pelo seu aliado russo, continua os bombardeios em Ghouta, tentando reconquistá-la a todo custo.

Pelo menos 30 civis foram mortos nos ataques aéreos deste sábado na cidade de Zamalka, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Um correspondente da AFP na cidade de Arbin, perto de Zamalka, confirmou os bombardeios na região.

Mais de 1.394 civis, incluindo 271 crianças, morreram desde que o regime lançou a sua ofensiva, em 18 de Fevereiro, contra este reduto rebelde sitiado desde 2013.

Para escapar à escassez de água, alimentos e medicamentos, dos bombardeios e da morte, cerca de dez mil pessoas deixaram o enclave neste sábado, elevando a 40 mil o número de civis que fugiram da área desde quinta-feira, de acordo com o OSDH.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG