Links de Acesso

Mais de três mil turistas passeiam pela costa moçambicana

  • Simião Pongoane

Inhambane, sul de Mocambique.

Em Inhambane, o cruzeiro vai ancorar nas águas cristalinas da praia de Pomene.

Mas de 3.300 sul-africanos estão em viagem pelo Oceano Indico para Moçambique no cruzeiro MSC Sinfonia.

Trata-se de uma viagem puramente turística, cuja promoção durou cerca de três meses nas rádios e jornais sul-africanos.

As missões consulares de Moçambique nas cidades do Cabo, Durban, Joanesburgo e Pretoria registaram, semana passada, algum movimento de pedidos de vistos por turistas que iam viajar no cruzeiro com dupla nacionalidade, uma vez que cidadãos sul-africanos estão isentos de vistos para Moçambique quando em visita de turismo de 30 dias.

Uma fonte da empresa promotora da excursão disse que as escalas do navio incluem Ilha dos Portuguses, Ilha de Moçambique e Inhambane, um dos principais destinos turisticos de Moçambique.

Em Inhambane, o cruzeiro vai ancorar nas águas cristalinas da praia de Pomene, uma estância turística que se preparou freneticamente para receber os turísticas que viajam no cruzeiro MSC Sinfonia.

Muitos locais de lazer em Pomene foram destruídos pelo ciclone Dineo que assolou a província, no primeiro semestre deste 2017, deixando centenas de pessoas na situação de desemprego.

Em Maio ultimo, o governo de Inhambane promoveu uma conferência de investidores para mobilizar investimentos para vários sectores económicos sobretudo para o turismo.

Este é o primeiro cruzeiro de grande porte a escalar Inhambane depois do ciclone Dineo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG