Links de Acesso

Luanda: Enfermeiros dizem que novas admissões são insuficientes


Concurso público para novas contratações arranca este mês

O Sindicato dos Enfermeiros defende que a província de Luanda precisa de pelo menos dois mil profissionais de enfermagem e que a cota decidida peloGoverno provincial está longe de satisfazer a demanda.

Luanda: Enfermeiros dizem que novas admissões são insuficientes - 2:10
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:09 0:00

O Ministério da Saúde determinou que a província de Luand, deverá contar um total de 1.047 profissionais, sendo 335 médicos, 357 enfermeiros, 218 técnicos de diagnóstico e de apoio hospitalar, havendo ainda 136 vagas para o apoio hospitalar.

O secretário adjunto do sindicato, Afonso Kileba, considera que a contratação de 357 enfermeiros, anunciada pelo Ministério da Saúde, só vai criar mais problemas.

Kileba acrescenta que, para o funcionamento normal de um centro de saúde na capital, são necesários pelo menos 200 profissionais de enfermagem.

O concurso público para a contratação desses profissionais arranca este mês.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG